terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Livro do mês de dezembro: "A terra toda"

Abandonado por uma mulher que o traiu com outro homem, Rafael, o protagonista, recorre às consultas de uma psicanalista, com quem acabará por se envolver.
Só que ele não sabe que está com isso a ressuscitar o seu passado e a expor-se a uma traição ainda mais dolorosa.
Fazendo uma pausa no romance histórico, que o consagrou como um dos mais populares autores portugueses, José Manuel Saraiva mergulha agora nas águas mais profundas da nossa actualidade, abordando um tema escaldante que fará ainda estremecer algumas boas consciências.




José Manuel Saraiva  nasceu em Santo António d’ Alva, Oliveira do Hospital, em 1946, sendo um jornalista e romancista contemporâneo. Enquanto jornalista, trabalhou, com frequência, para O Diário,  Diário de Lisboa, Grande Reportagem e Expresso, e, esporadicamente, com diversos outros jornais e revistas. Foi o autor de Madina do Boé—A Retirada e De Guilege a Gadamael - O corredor da morte, documentários produzidos pela SIC sobre a guerra colonial. Foi também o guionista do telefilme A Noiva, realizado por Luís Galvão Teles. A sua primeira incursão no romance ocorreu, em 2001, com As lágrimas de Aquiles. Em 2005, publicou Rosa Brava, baseado na vida de Leonor Teles de Menezes. E, em 2008, editou Aos Olhos de Deus, novamente a partir de um facto histórico, desta vez a grande embaixada enviada ao Papa Leão X pelo rei D. Manuel I, em 1514. Em 2011 publicou A terra toda.

Cândida Perpétua

Sem comentários:

Publicar um comentário