segunda-feira, 12 de março de 2018

Livro do mês de março: "Jardim de mulheres", de Aminatta Forna


Tudo começou com uma carta...
Abie Kholifa herda uma plantação de café da família, num país africano. Movida pelas palavras de Alpha Kholifa, seu primo, Abie regressa, iniciando uma viagem de reencontro com o passado.
Através das histórias contadas pelas suas quatro tias - Asana, Mary, Hawa e Serah -, ela descobre uma África atraída pelas tentações do Ocidente, mas desesperada por se manter fiel às suas tradições. Submersas em verdades silenciadas, mentiras sussurradas e contos mágicos, estas mulheres fortes - as verdadeiras protagonistas de Jardim de Mulheres - tentam alterar o correr tranquilo dos seus destinos e reivindicar as suas próprias identidades.
Percorrendo sensibilidades e gerações, Jardim de Mulheres é um romance espantoso sobre uma nação, uma família e as mulheres cujas histórias oferecem uma emotiva verdade que jamais entrará para as narrativas oficiais da História.

Aminatta Forna iniciou a sua carreira como repórter televisiva, tendo apresentado e produzido inúmeros programas para a BBC, no âmbito das artes e da política.
Apresentou, também, vários programas na rádio e, atualmente, colabora com diversos jornais, como The Independent, The Observer, Sunday Times e Evening Standard, além de integrar frequentemente o painel do júri em prémios literários.
Aminatta Forna divide o seu tempo entre Londres e a Serra Leoa, onde dinamiza o projeto Rogbonko Village School Trust.