sábado, 31 de maio de 2014

Poema do mês de maio


Chamar a Si Todo o Céu com um Sorriso

que o meu coração esteja sempre aberto às pequenas

aves que são os segredos da vida

o que quer que cantem é melhor do que conhecer

e se os homens não as ouvem estão velhos

 

que o meu pensamento caminhe pelo faminto

e destemido e sedento e servil

e mesmo que seja domingo que eu me engane

pois sempre que os homens têm razão não são jovens

 

e que eu não faça nada de útil

e te ame muito mais do que verdadeiramente

nunca houve ninguém tão louco que não conseguisse

chamar a si todo o céu com um sorriso

 

e.e.cummings, in “livrodepoemas”

Tradução de Cecília Rego Pinheiro

Sem comentários:

Publicar um comentário